Planeje e seja um fisioterapeuta bem sucedido


>




Conheço fisioterapeutas bem sucedidos. Que exercem a fisioterapia de forma digna, com a seriedade que ela merece. 

Porém a grande maioria dos fisioterapeutas, inclusive gente formada há 10 anos não consegue alcançar esse "sucesso".  Tem alguns motivos para isso que se inicia em um planejamento profissional. 

Você já fez um planejamento da sua carreira? Ou sempre deixou "a vida te levar". Estipulou prazos para sair de tal emprego ou deixar de fazer tal coisa ou começar aquela pós graduação? Se estipulou, o que eu acho difícil, conseguiu fazer no prazo que você estipulou? 

Traçou metas e objetivos a serem cumpridos?  Ou simplesmente ficou reclamando da falta de oportunidades bacanas e do salário do fisioterapeuta? 

De desvalorização, toda profissão sofre. Há médicos, engenheiros, advogados ganhando pouco. Se formos fazer a proporção com a fisioterapia, não estamos abaixo deles não. Está tudo no mesmo nível. 

Achar que o mal desempenho do ganho do fisioterapeuta está só na desvalorização profissional é acreditar que você não pode melhorar. A desvalorização profissional pode ter sua parcela de culpa neste processo mas será que a desvalorização DO profissional não está levando a Fisioterapia para um caminho sem volta? 

Se você não tem um planejamento, o que é ser um fisioterapeuta bem sucedido? Como você chegará lá? Quando você chegará? Qual é o patamar para se determinar bem sucedido? 

E se tem um conselho que eu dou para quem está começando é traçar metas. Sejam elas quais forem. Estipule limites e chegue nesses limites para ultrapassa-los sempre. 

Trate a Fisioterapia com seriedade que ela com certeza de dará o retorno que você merece.

Escrito por Dani Souto - Email: danisouto@gmail.com
Share on Google Plus

About Dani Souto

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

3 opiniões:

  1. Olá Danilo,
    Parabéns pela matéria!
    Em tempos de greves dos profissionais médicos por salários dígnos e valorização profissional (não sei se nessa ordem), leio este post e fico feliz de ver que existem pessoas comprometidas com a Fisioterapia.
    Possuo um blog e adoraria se você me permitisse indexar esta matéria ao meu blog (tendo você como autor, é claro). Seria muito bom deixar essa reflexão paqueles que lêem meu blog.
    Desde já agradecido!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. É tanta merda que leio que perco até o animo de responder!
    Tu é um fanfarão!
    Eu fui um desses que aos seus olhos "fracassado e reclamão" ganhava R$ 650 (piso do RJ) por mês sem direitos trabalhistas. Mas aos meus, isso ter vergonha na cara é ter coragem de ver a verdade! E tem que ter coragem pq o mais fácil e baixar a cabeça e aceitar com 99% dos meus amigos fizeram e hoje 98,9% deles são fracassados.
    Hoje meu nobre sou um empresário de 31 anos que ganha de 10 mil a 15 mil por mês meu amigo! 2 anos e meio após abandonar a fisio.

    A vc Fisioterapeuta

    Você tem o direito e do dever de sê indignar sim! Dessa indignação virá a corregem desse tomar atitudes que mudarão sua vida!

    Rodrigo Moura



    -

    ResponderExcluir
  3. olá a todos,
    Sou fisioterapêuta formada há 9 anos e sou muito feliz na minha profissão.
    Dani Souto, muito bcana o seu texto e fico muito feliz de saber que em meio a tanta desvalrização existem pessoas que fazem, aliás reconhecem o poder e o prazer que se tem em exerer essa profissão tão linda!
    Ao ROdrigo Moura, meus parabéns! Que bom que vc ganha essa "dinherama" toda! Só não sei se faz o que realmente gosta. Eu faço o que gosto e ganho muito bem por isso. Tenho uma clínica, emprego 4 fisioterapêutas e ganho até 12 mil por mês!

    DKSS

    ResponderExcluir

Comente com educação que seu comentário será aprovado!