Fundamentos para um bom negócio


>



Você já parou para pensar o que esporte, arte e negócios têm em comum?

Além da disciplina, garra e perseverança para se sair bem em qualquer um deles, a semelhança fundamental é a necessidade de conhecer bem e praticar os FUNDAMENTOS!

Não importa quanto tempo você tem de prática em esportes ou em qualquer arte, nunca poderá esquecer os fundamentos. Um bom cantor terá que fazer vocalizações diárias para o resto da vida, um bom karateca terá que continuar fazendo seus Katas, assim como os jogadores de basquete, vôlei, futebol, deverão continuar a praticar diariamente os fundamentos, etc.

Os fundamentos são a base, o alicerce sobre o qual você constrói o seu sucesso. Não adianta possuir muito talento, garra e força de vontade.

Dizemos, de forma irônica, que nada é pior para uma empresa que um incompetente motivado, porque ele vai destruindo tudo o que encontra pela frente, achando que está fazendo o melhor. A incompetência desta pessoa reside na falta de conhecimento.

Não podemos ignorar os fundamentos em negócios. Ignorá-los significa matar o próprio negócio. Como este tema é muito longo, vamos dividi-lo em vários artigos sucessivos.

Trataremos hoje de quatro destes fundamentos. Dedique-se a eles; todo o tempo e carinho que você investir neles retornará em forma de lucro e prosperidade.

Fundamento número 1:

Sua maior matéria prima é o conhecimento. Informe-se, pesquise, pergunte, leia, converse com quem sabe, participe de palestras, cursos, seminários e workshops, converse com os consultores do SEBRAE. Não pare nunca de alimentar-se com novos e mais aprofundados conhecimentos. Não empreenda na ausência de informação e conhecimento. Em negócios, caminhar no escuro ou na corda bamba nunca acaba bem.

Fundamento número 2:

Planeje antes de fazer. O hábito de aprender fazendo já foi muito bom na época em que o mundo era mais lento e menos competitivo. Hoje, aprender por ensaio e erro pode custar mais que seu negócio, pode custar todas as conquistas que você fez antes de iniciar o negócio atual. Planejar reduz as margens de erro, aumenta as possibilidades de acerto e permite compreender antecipadamente (antes de gastar tempo e dinheiro) possíveis inconsistências que precisam ser corrigidas para que o negócio dê certo!

Fundamento número 3:

Você não é o cliente! Lembre-se de montar seu negócio orientado para o seu público-alvo, para os seus clientes. Não adianta você achar ótimo, maravilhoso - o que importa é o que os clientes pensam, acham e sentem a respeito! Um dos enganos mais frequentes cometidos por empreendedores iniciantes é montar o negócio baseando-se em seus gostos pessoais. Não faça isso, monte seu negócio com base em pesquisa e em conceitos que motivem seus clientes a fazerem negócios com você!

Fundamento número 4:

Seus maiores capitais são o tempo e as pessoas. O capital financeiro sozinho não serve para nada. O dinheiro deve servir às pessoas e não estas ao dinheiro. Valorize o tempo e as pessoas. Monte uma excelente equipe, procure contratar os melhores e pagar acima da média de mercado. Assim, com reconhecimento, respeito e dignidade nas relações, você manterá os melhores trabalhando com você. Mas lembre-se, não basta pagar bem as pessoas, elas precisam sentir-se valorizadas e reconhecidas moralmente. Pessoas que valem a pena jamais trabalham somente por dinheiro...

Quem esquece os fundamentos, esquece o caminho. E quem esquece o caminho, jamais chega aonde quer...

Até a continuação deste tema. Lembre-se: vencer em negócios não é apenas saber o que deve ser feito, mas fazê-lo de uma forma como ninguém mais consegue fazer. Torne-se único!

Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 opiniões:

Postar um comentário

Comente com educação que seu comentário será aprovado!