6 passos para melhorar o atendimento numa clínica de Fisioterapia


>





Sei bem que o atendimento numa clinica de fisioterapia com dezenas de pacientes diariamente encara diversos desafios. Muitas vezes, a espera para atendimento além da atuação pouco satisfatória de profissionais e a baixa efetividade, em muitos casos, reforçam a ideia de pouca eficiência.

É preciso driblar esses obstáculos para que seja viável otimizar todo o processo. Com isso, a gestão de clínicas precisa trabalhar para que tudo possa sair do papel.

O uso de estratégias adequadas faz a diferença nesse momento. Descubra quais são as 6 melhores para obter os níveis desejados.

1. Padronize os principais processos de atendimento

Quando a equipe não sabe qual processo deve ser implementado, é comum que tudo se torne menos eficiente. O resultado vem na forma de um longo tempo de espera por atendimento, assim como na insatisfação dos pacientes de uma maneira geral.

Para lidar com essa questão, o melhor é padronizar todos os processos, desde o contato inicial até a finalização da consulta.

Isso ajuda a criar um tratamento que é igualitário para pacientes e eficiente para a equipe, evitando retrabalhos ou dificuldades causadas pela desorganização. A comunicação deve ser clara e tem que ser reforçada constantemente, mantendo o fluxo conforme o esperado.

2. Empregue a tecnologia nas tarefas

Uma das melhores formas de padronizar os processos e fazer com que tudo siga parâmetros bem definidos é utilizando a tecnologia. Esse ainda é um ponto deficiente, mas é importante mudar o panorama para melhorar a qualidade da oferta aos pacientes.

3. Aposte em um atendimento humanizado

O atendimento humanizado tem tudo a ver com pacientes se sentindo à vontade, acolhidos e realmente compreendidos no ambiente de saúde. Isso se contrapõe ao mecânico e com pouca consideração de necessidades específicas, o qual normalmente acontece na rede pública.

Todos devem estar preparados para atender cada paciente de acordo com suas necessidades, contribuindo efetivamente para a qualidade da saúde.

4. Capacite continuamente os colaboradores

Para que as tarefas sejam executadas corretamente, da triagem à consulta, o treinamento é indispensável. Toda a equipe precisa passar por um treinamento que leve em consideração as etapas do processo, garantindo que estejam prontos para o atendimento.

Tão importante quanto realizar o treinamento é garantir que ele seja relevante ao longo do tempo. Por isso, deve-se investir em capacitar continuamente todos os colaboradores, de modo que as melhores práticas sejam sempre empregadas.

5. Dimensione a equipe corretamente

A falta de pessoal pode tornar um processo mais complexo e menos efetivo. Como isso resulta na insatisfação dos pacientes, deve-se pensar no dimensionamento correto da equipe.

Faça um cruzamento de dados entre os atendimentos prestados, o volume médio de demanda e as necessidades com maior urgência e prioridade. Se as consultas aparecem em maior volume, a equipe deve ter maior foco no atendimento.

6. Use o feedback para realizar melhorias

Por mais que tudo esteja devidamente estruturado, sempre há o que melhorar. Conhecer a percepção de quem é atendido e de quem atende ajuda na otimização contínua de parâmetros.

Por isso, uma das estratégias inclui a coleta e análise de feedback. Procure entender a experiência das pessoas sobre a forma como as coisas funcionam, encontrando pontos que precisam ser melhorados.

A partir da aplicação dessas estratégias, a tendência é a melhora no atendimento na saúde pública. Com isso, ganham pacientes e profissionais, levando a um cuidado muito mais efetivo.

Conheça o Fisio 360 Program

É um Programa de Marketing e Gestão para Fisioterapeutas aplicarem na sua Clínica ou na sua Carreira. Clique aqui e saiba mais!
6 passos para melhorar o atendimento numa clínica de Fisioterapia 6 passos para melhorar o atendimento numa clínica de Fisioterapia Revisado by Faça Fisioterapia on 03:09 Nota: 5

Nenhum comentário

Comente com educação que seu comentário será aprovado!